GCM aborda adolescente que portava máscara e coldre

Jovem prestou esclarecimento na delegacia e informou que não passava de uma “brincadeira”.

Um adolescente de 15 anos foi apresentado na Delegacia de Polícia na manhã de hoje, 22, pela Guarda Civil Municipal, depois de ser encontrado na Escola Municipal Joaquim Giraldi portando uma máscara de caveira e um coldre de coxa.
Ao ser notificada sobre os materiais que o aluno tinha levado para a escola, a diretora entrou em contato com a GCM que imediatamente foi até o local. Ao ser questionado pelos guardas, o jovem informou que devido aos comentários nas redes sociais sobre possíveis ataques em escolas, ele resolveu ir com a máscara de caveira e o coldre de coxa para aparentar estar armado e fazer uma “brincadeira” entre os estudantes.

O jovem foi identificado e conduzido até a Delegacia de Polícia onde foi solicitada a presença dos responsáveis do adolescente e a ocorrência foi registrada. A máscara e o coldre foram apreendidos.

ENTENDA O CASO
Um boato que aconteceria um ataque na Escola Municipal Joaquim Giraldi tomou grande proporção entre os aguaianos. As ameaças começaram em um grupo do whatsapp na manhã de ontem (21).
De acordo com a diretora do Joaquim Giraldi, uma mãe de aluno a procurou para informar sobre as ameaças vindo de um adolescente de 13 anos, alunos de uma Escola Estadual, que hackeou o grupo de WhatsApp dos estudantes do Joaquim Giraldi. Imediatamente a diretora procurou os diretores da Escola Estadual e a Guarda Civil Municipal para tomar as devidas providências.

Em seguida, o jovem foi abordado pela Policia Militar e depois de insistência, confessou ter enviado as mensagens. Ele foi conduzido junto com seus familiares ao Plantão Policial de São João da Boa Vista.

Após o ocorrido, A Guarda Civil Municipal, a Polícia Militar e Polícia Civil adotaram medidas de proteção e intensificaram as rondas nas escolas durante a tarde e noite de ontem (21) e manhã de (22), com Viaturas, Rádio Patrulha, Rocam e Comando Grupo Patrulha.

A Prefeitura Municipal postou nota de esclarecimento na manhã de hoje. A direção da escola Joaquim Giraldi também se comunicou ressaltando que todas as providências foram tomadas e que a forças policiais estão fazendo ronda na escola. Ressaltou ainda a importância do diálogo dos familiares com os filhos, principalmente na conscientização de que “brincadeiras” como essa, são prejudiciais e acabam acometendo uma série de consequências.

As forças de segurança da cidade atuaram rapidamente nos casos a fim de que chegarem à conclusão do mesmo.

 

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support